Conceito e Benefícios

Slings são carregadores de pano (de preferência 100% algodão, antialégicos), não estruturados (diferentemente do canguru, permitem variadas posições para carregar o bebê), seguros e ergonômicos (já  que se amoldam à anatomia da coluna e do corpo do bebê).

Babywearing é o termo utilizado mundialmente para conceituar essa forma de carregar o bebê como se você estivesse vestindo-o. Mas, na verdade, quem "veste" é aquele que o carrega.

A prática de "slingar" é muito comum em diversas culturas, dentre elas a africana, asiática e indígena. Já no Brasil, trata-se de um conceito relativamente novo.

Muitos são os modelos de slings, dentre os quais os mais comuns são o Wrap Sling e o Sling com argolas. São acessórios simples e podem ser usados desde o nascimento até a criança  atingir seus 10/15 quilos, por volta dos 2/3 anos de idade.

Na lingua inglesa, sling significa tipóia e o verbo Wrap quer dizer embrulhar, enrolar, envolver.

Wrap sling = embrulhar na tipóia.

O Wrap sling Mãe Coruja é uma faixa de malha 100% algodão penteada de aproximadamente 5 metros de comprimento por 0,55 m de largura, com aplicação frontal (onde o bebê se acomoda) de um tecido (tricoline 100% algodão), que garante maior sustentação para o bebê.

Já o Sling com argolas Mãe Coruja consiste em uma faixa de tecido (tricoline 100% algodão) de aproximadamente 1,90 m de comprimento por 0,70 m de largura, o qual, uma vez preso corretamente junto às argolas, forma uma bolsa onde o bebê é carregado. Contém um bolso forrado com zíper de 30 x 25 cm em uma das extremidades do tecido (lado oposto às argolas), possibilitando carregar pequenos objetos do bebê ou outros que desejar. 

 

Carregar seu bebê em um sling é a maneira mas fácil e natural de integrá-lo à sua vida diária.

Além de prático, traz diversos benefícios para o bebê e para quem o carrega. Confira!

Benefícios para seu bebê:

Os Bebês que são carregados…
- Choram menos! (43% menos no total e 54% menos durante as horas do dia)*1
- São mais saudáveis (ganham peso mais rápido, têm melhor habilidade motora, coordenação, maior tonificação muscular e senso de equilíbrio)*2
- Têm uma melhor visão do mundo(bebês em carrinhos vêm o mundo na altura dos joelhos de um adulto).
- sentem-se seguros, já que ele tem acesso a comida, calor e amor.
- Ganham independência mais rapidamente*3
- Dormem melhor (mais rapidamente e por períodos mais longos)*3
- Aprendem mais (não são super estimulados, são mais calmos e alertas, observando e participando do mundo ao seu redor) *3
- São mais felizes! (se sentem mais amados e seguros)*4

Benefícios para você

Carregar seu bebê…
- Melhora a comunicação entre os dois, já que você se sintoniza com os gestos e expressões dele.
- Cria pais mais auto-confiantes. Não há nada melhor que ter um bebê calmo e contente graças a que você sabe atender suas necessidades.
- É conveniente . Não há incomodidades nem complicações como ter que carregar um bebê-conforto num braço e o bebê no outro.
- Facilita a locomoção. Você pode caminhar por calçadas e terrenos irregulares, ruelas estreitas, subir e descer escadas, entrar em locais com muita gente sem bater em ninguém com o carrinho, etc.
- É saudável para você. Permite a você sair para caminhar e respirar ar puro!
- Amamentação discreta sem necessidade de buscar um lugar apropriado para sentar.
- Permite a você interagir com outras crianças ou filhos e ainda assim manter seu bebê perto e seguro. 
- Mãe e bebê podem sair de casa juntos! Você pode ir a qualquer lugar com seu bebê seguro e acolhido.
- Suas mãos estão livres. Você pode fazer compras, caminhar, passear, ler um livro, brincar com o seu filho maior ou ainda sair para um lindo almoço na cidade.
- É a solução natural para o sono do bebê. Você acalma e agrada seu bebê com seu calor, sua voz, seus movimentos e o batimento de seu coração.

 



Fontes Citadas
*1. Hunziker, U. A. and Barr, R, G. (1986).
“Increased carrying reduces infant crying: a randomized controlled trial”.
Pediatrics, 77, 641-8.
*2. “Current knowledge about skin-to-skin (kangaroo) care for pre-term
infants”. J Perinatol. 1991 Sep11: The Importance of Skin to Skin Contact.
*3. Whiting, J. W. M. (1981). Environmental constraints on infant care practices.
In R. H. Munroe, 
R. L. Munroe & B. B. Whiting (Eds.), Handbook of cross-cultural human
development, New York: Garland STPM Press.
*4. Powell, A.”Harvard Researchers Say Children Need Touching and Attention”,
Harvard Gazette

Fonte: www.slingando.com - A Web do Baby Sling

 

 

 
Formas de pagamento
Cartões
Depósito / Transferência
Boleto Bancário
Certificados
Verified by GeoTrust 128bit SSL
Navegadores
 
Facebook
 
 
 
 
(35) 99970-1825